Londres deve dar o 1º passo, diz Merkel sobre 'Brexit'

BERLIM, 25 JUN (ANSA) - A chanceler da Alemanha, Angela Merkel, disse neste sábado, dia 25, que o governo de Londres deve informar como irá proceder para deixar a União Europeia (UE).   

"As negociações não podem durar para sempre, mas corresponde ao Reino Unido dar esses passos", disse a jornalistas.   

Merkel ainda afirmou acreditar que Londres quer colocar em prática as decisões tomadas no referendo da última quinta-feira e "a questão não deve permanecer bloqueada por muito tempo".   

"O importante é que, até que seja definido um acordo de saída, o Reino Unido continua sendo um membro pleno da UE, com todos seus direitos e obrigações", concluiu.   

A Alemanha é, atualmente, a maior economia e a mais atuante dentro da UE. Além disso, Berlim foi um dos maiores entusiastas da criação do grupo, que ajudaria em sua reintegração no continente após a II Guerra Mundial. Diplomacia - Os Chanceleres dos seis países fundadores da União Europeia pediram, em reunião realizada também neste sábado, em Berlim, que a saída do Reino Unido do bloco aconteça o quanto antes.   

Os ministros de Relações Exteriores de Alemanha, Frank-Walter Steinmeier, Itália, Paolo Gentiloni, Holanda, Bert Koenders, França, Jean-Marc Ayrault, Bélgica, Didier Reynders, e Luxemburgo, Jean Asselborn, se encontraram para debater os efeitos do referendo realizado na última quinta-feira, quando os britânicos votaram por deixar o bloco.   

"Dizemos aqui, juntos, que este processo tem que começar o mais rápido possível", apontou Steinmeier, pedindo que sejam evitados "atrasos" e que se concentrem "no futuro da Europa".   

Itália - O primeiro-ministro italiano, Matteo Renzi, viajará para Paris hoje, onde se reunirá com o presidente da França, François Hollande, informaram fontes da Presidência francesa.   

"Será um encontro informal, amigável, no qual também se debaterão questões políticas" ligadas ao Brexit, informaram fontes do Palácio do Eliseu.   

Já na segunda-feira (27), o líder político italiano estará em Berlim para uma reunião trilateral com Hollande e Merkel, também sobre a saída britânica da UE. Os representantes deverão debater, além de questões práticas da União Europeia, como frear movimentos semelhantes em outras nações. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos