Chavismo avalia pedir dissolução do Parlamento na Venezuela

CARACAS, 30 JUN (ANSA) - Dirigentes chavistas avaliam solicitar ao Tribunal Supremo de Justiça (TSJ), nas mãos de aliados do governo de Nicolás Maduro, a dissolução da Assembleia Nacional (AN), controlada pela oposição, e que sejam convocadas novas eleições, em mais um desdobramento da grave crise política que assola a Venezuela. Segundo o porta-voz da aliança Grande Polo Patriótico, Didalco Bolívar, houve usurpação de poder e abuso de autoridade no que diz respeito à política externa do país, além de traição à pátria e violação da Constituição.   

Ele ainda acusou os opositores de falsificar assinaturas no pedido de um referendo revogatório do mandato de Maduro, que é previsto pela lei.   

Os desdobramentos do caso devem ser conhecidos na próxima semana, explicou.   

Maduro já havia acusado a oposição de trair a pátria após pedirem à Organização dos Estados Americanos (OEA) a ativação da Carta Democrática, que pode suspender o país do grupo. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos