Hospitais são evacuados após terremoto na Itália

ANCONA, 27 OUT (ANSA) - Uma verdadeira corrida contra o tempo foi registrada, entre tremores e pânico, na região de Marcas para transferir cerca de 240 pacientes de hospitais e de centros de atendimento aos idosos após os dois terremotos que atingiram o local nesta quarta-feira (26).   

A Defesa Civil conseguiu realocar 239 pessoas em tendas provisórias ou entidades que não foram afetadas gravemente pelo sismo até a manhã desta quinta-feira (27), segundo dados informados pelo Centro de Coordenação Regional.   

Ao todo, foram evacuadas 11 estruturas - incluindo um hotel em Visso que abrigava 25 idosos. Eles haviam sido levados ao estabelecimento após o terremoto do dia 24 de agosto destruir a casa de repouso em que moravam. Já em Norcia, na região de Perugia, foi interditado quase em sua totalidade - com exceção da área de pronto socorro. "O hospital de Norcia, após as últimas verificações técnicas, foi declarado interditado nas partes relativas à sala de espera, cirurgias, diagnósticos, pré-atendimento e ambulatórios", disse o assessor regional para a Saúde, Luca Barberini.   

De lá, foram transferidos 12 pacientes para a cidade vizinha de Foligno, que fica a cerca de 60 quilômetros. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos