Berlusconi diz que Trump vai 'surpreender' na Presidência

ROMA, 23 NOV (ANSA) - O ex-primeiro-ministro italiano Silvio Berlusconi negou que o futuro presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, seja parecido com ele.   

Ao ser questionado sobre o tema, o 'Cavalieri' respondeu: "Digo que não, somos dois empresários que pararam de fazer seu trabalho para servir ao país". Quando foi perguntado sobre o que espera do novo governo norte-americano, o italiano disse que acredita que virão "boas surpresas" e criticou a imprensa internacional.   

"Financial Times e os outros jornais norte-americanos não acertaram uma. Eram todos pelo "não" no Brexit para não falar de Trump e não entenderam que Trump era um rosto familiar que se tornou mais família que os Clintons. Depois, ele soube falar com a classe média que está com medo do futuro. Acho que teremos boas surpresas sobre sua maneira de governar", afirmou o ex-premier.   

Sua única preocupação, no entanto, é a postura de "isolacionismo" dos EUA que, para Berlusconi, é um "mal e que é contraditório".   

O líder do Força Itália ainda foi questionado sobre o período que passou em Nova York para se tratar de problemas cardíacos e revelou que os arranha-céus o "intimidam".   

"Os arranha-céus de Nova York me intimidam porque parece que você é um grão de areia. E, a torre de Trump, se insere muito bem, dá um senso de estabilidade", disse ainda.   

Berlusconi e Trump foram comparados por inúmeros veículos internacionais pela forma como surgiram, sendo empresários de sucesso que entraram na política para comandar um país, e também pelas polêmicas com as mulheres e com as frases de cunho pejorativo. (ANSA))
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos