Norte da Itália enfrenta forte onda de mau tempo

ROMA, 24 NOV (ANSA) - As regiões da Ligúria e de Piemonte estão em alerta máximo para a intensa onda de mau tempo que está se abatendo sobre a Itália nesta quinta-feira (24). Além delas, há a previsão de que as condições climáticas também piorem entre o Valle d'Aosta até a Toscana.   

Em Piemonte, o leito do rio Tanaro, na província de Cuneo, já transbordou para as margens e as autoridades temem que as chuvas causem a maior enchente no local desde 1994.   

"Temos medo porque está se reapresentando a situação das enchentes de 1994. O rio Tanaro já atingiu a ponte central de Garessio, dividindo a cidade em duas. Fechamos todas as pontes, fábricas e escolas. Os bares e o comércio no centro estão alagados. A estrada estatal está fechada por deslizamentos. A situação está muito feia", disse o prefeito de Garessio, Sergio Di Stefano.   

Já na Ligúria, há dezenas de famílias desabrigadas também pela alta no volume dos rios e, nas províncias de Imperia e de Valbormida, a situação é de alerta vermelho. As escolas em Gênova, Savona, Sanremo, Imperia e Ventimiglia permanecem fechadas até a situação voltar ao normal.   

Até o momento, há uma pessoa desaparecida em Ventimiglia.   

Trata-se do nigeriano Alimonu Kinglsey, 23 anos, que há poucos dias tinha conseguido seu visto de refugiado político na Itália.   

A Agência Regional para Proteção Ambiental (Arpa) informou que "chuvas muito fortes e insistentes tendem a intensificar-se ainda mais durante a manhã. Complexivamente, são esperados valores acumulados próximos aos 150 milímetros em 12 horas".   

(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos