Grupo do Vaticano dicute situação da mulher na Igreja

CIDADE DO VATICANO, 25 NOV (ANSA) - Teve início nesta sexta-feira (25), exatamente no Dia da Não-Violência contra a Mulher, a primeira reunião da Comissão de Estudo sobre o Diaconato das Mulheres. A comissão foi instituída pelo papa Francisco no último dia 2 de agosto "para fazer um estudo objetivo sobre a situação [das mulheres] nos primeiros tempos da Igreja", segundo o Pontífice.   

De acordo com a sala de imprensa vaticana, a comissão conta com a presidência do monsenhor Luis Francisco Ladaria Ferrer e suas reuniões acontecerão por dois dias em sessões marcadas durante as manhãs e tardes na sede da Congregação para a Doutrina da Fé.   

Para homenagear a data dedicada à não-violência contra a mulher, Francisco também divulgou um tweet. "Quantas mulheres suportam o peso da vida e o drama da violência! O Senhor as quer livres e com dignidade", escreveu o Papa. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos