Banco mais antigo do mundo derruba Bolsa de Milão

MILÃO, 28 NOV (ANSA) - O FTSE MIB, principal índice da Bolsa de Valores de Milão, fechou o pregão desta segunda-feira (28) com queda de 1,81%, em 16.216 pontos, graças ao desempenho das ações do Monte dei Paschi di Siena (MPS), que caíram 13,8%.   

Fundado em 1472, na cidade toscana de Siena, o banco é considerado o mais antigo do mundo ainda em funcionamento e enfrenta uma grave crise financeira devido à elevada presença de créditos deteriorados em sua carteira.   

Esta segunda-feira foi o primeiro dos cinco dias de prazo para detentores de obrigações subordinadas do MPS converterem esses ativos em ações da instituição financeira, o que provocou a queda na Bolsa de Milão.   

As obrigações subordinadas são investimentos de alto risco que, em caso de insolvência, só são pagos depois de todos os outros créditos devidos pelo banco. A conversão faz parte do plano de reestruturação do MPS, que também inclui a demissão de 2,6 mil funcionários e o fechamento de 500 filiais até 2019. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos