Nas vésperas da MFW, PETA protesta contra uso de couro

MILÃO, 21 FEV (ANSA) - Com a proximidade da Semana de Moda de Milão, que começará na próxima quarta-feira , dia 22, na capital italiana da moda, manifestantes da PETA (Pessoas pelo Tratamento Ético dos Animais) fizeram um protesto contra o uso de pele de animais exóticos nas confecções das grandes e pequenas grifes. Na manhã desta terça-feira (21), três mulheres usando apenas suas roupas íntimas e máscaras de crocodilos levaram cartazes em forma de bolsas de couro com os dizeres "desmascarada a crueldade contra os crocodilos" e "os animais morrem por peles exóticas" para a famosa praça do Duomo. O "tema" do protesto baseia-se em uma recente denúncia feita pela própria ONG de que os crocodilos nos centros de criação no Vietnã, dois deles fornecedores de couro a uma empresa pertencente a sociedade LVMH, dona, por exemplo da Louis Vuitton, são confinados em pequenas fossas e muitas vezes são esquartejados ainda vivos. "Não há nada mais chique que matar os sensíveis seres vivos dentro de poços, cortá-los em pedaços e depois deixá-los para morrer", ironizou a diretora dos programas internacionais da organização, Mimi Bekhechi. "O PETA pede a todos que evitem produtos realizados com peles de animais exóticos e escolham ao invés a gentileza do 'shopping vegan'", explicou a britânica.   


(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos