Trump assinará ordem que revoga leis climáticas de Obama

NOVA YORK, 28 MAR (ANSA) - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, está prestes a sancionar uma ordem executiva que anulará quase todos os esforços de uma década do seu antecessor, Barack Obama, na proteção do meio ambiente.   

De acordo com a Casa Branca, a ordem de Trump terá como objetivo "relançar a indústria do carbono para aumentar a independência energética" dos EUA e "recriar milhares de postos de trabalho perdidos em minas com as restrições impostas por Obama". O amplo decreto de Trump que será assinado nas próximas horas promove as indústrias do ramo do petróleo, carvão e gás natural do país.   

Além de revogar ordens de Obama que davam destaque para o meio ambiente na elaboração de políticas de esfera federal, a ordem de Trump permite que agências federais identifiquem qualquer ação que possa atrapalhar a produção ou uso de recursos de energia. A medida de Trump já recebeu críticas de vários ativistas e líderes políticos, entre eles o ex-secretário-geral das Nações Unidas e Nobel da Paz, Kofi Annan. Em Bruxelas, o ex-secretário disse que Trump "perderá" no tema ambiental, "porque o mundo caminha para outra parte". (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos