Apple pesquisa 'cura' de diabetes, projeto secreto de Jobs

ROMA, 13 ABR (ANSA) - Um grupo de engenheiros biomédicos estaria trabalhando em um projeto secreto da Apple, inicialmente concebido pelo seu fundador, Steve Jobs, voltado a criar sensores capazes de medir o nível de açúcar no sangue, que poderão ser assim um instrumento para tratar o diabetes. Segundo a norte-americana "Cnbc", que citou três fontes internas, os sensores deverão medir a quantidade de glicose no sangue do usuário de uma maneira não invasiva, ou seja, sem usar agulhas, para melhorar o tratamento da doença e facilitá-lo no dia-dia.   

De acordo com publicação, a Apple estaria trabalhando nesse projeto há ao menos 5 anos e o estaria testando em clínicas e outros espaços de Palo Alto, na Califórnia, sede da Maçã.   

A dificuldade do projeto, cuja ideia já havia atraído outras companhias, é principalmente o de encontrar uma maneira de realizar a medição sem que o usuário tenha que furar a pele.   

Uma das fontes afirmou que a Apple está trabalhando com sensores ópticos que jogariam uma luz na pele dos pacientes com diabete e assim conseguiria medir a glicose no sangue. Se a companhia norte-americana realmente conseguir realizar esse feito, milhões de diabéticos ao redor do mundo poderão se cuidar de maneira muito mais prática e menos dolorosa. Além disso, a descoberta transformaria os "wereables", gadgets usáveis como o Apple Watch, em aparelhos não apenas desejados, mas sim necessários, e mudaria o modo como a doença é tratada por médicos e especialistas. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos