Governo Trump anuncia corte de taxas para pessoas e empresas

NOVA YORK, 26 ABR (ANSA) - O governo de Donald Trump anunciou nesta quarta-feira (26) um plano de redução de impostos que está sendo chamado de o "maior da história" dos Estados Unidos.   

As diretrizes foram apresentadas pelo secretário do Tesouro dos EUA, Steven Mnuchin, e incluem uma diminuição de 39,6% para 35% na alíquota mais alta do imposto de renda, que atinge a parcela mais rica da população, os que ganham acima de US$ 418 mil por ano.   

Além disso, o governo pretende reduzir o número de faixas do imposto para três: 10%, 25% e 35%. Atualmente, são sete patamares: 10%, 15%, 25%, 28%, 33%, 35% e 39,6%. O plano ainda inclui a revogação da taxa de 3,8% sobre aplicações financeiras para pagar o sistema sanitário de Barack Obama, o "Obamacare".   

Trump também quer isentar de impostos os primeiros US$ 24 mil que um casal ganha - o valor atual é de US$ 12 mil. Segundo Mnuchin, o objetivo dessas medidas é "simplificar" o sistema tributário e "ajudar" a classe média.   

A renda per capita nos Estados Unidos é de aproximadamente US$ 55 mil, faixa que é coberta por três alíquotas do imposto de renda: 10% (US$ 0 a US$ 9,3 mil), 15% (até US$ 37,9 mil) e 25% (até US$ 91,9 mil). Empresas - Para as companhias privadas, a Casa Branca propôs uma drástica redução do teto do imposto corporativo sobre rendimentos de empresas grandes e pequenas de 35% para 15%.   

Atualmente, essa taxa é a terceira maior fonte de receita do governo norte-americano, e apenas sua desoneração pode provocar um impacto de US$ 150 bilhões nas contas públicas.   

A alíquota varia hoje de 15% a 35%, mas, se o plano for aprovado, todas as companhias pagarão a mesma cifra, independentemente de seu tamanho. Analistas temem que a redução tributária possa aumentar o déficit no orçamento, mas o governo alega que o próprio crescimento econômico compensará a desoneração. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos