Tailândia emite mandato de prisão contra herdeiro da RedBull

BANGCOC, 28 ABR (ANSA) - Em 2012, o herdeiro do grupo Red Bull, Vorayuth "Boss" Yoovidhya, atropelou e matou um policial quando corria com sua Ferrari em uma estrada de Bangcoc na Tailândia, mas acabou saindo impune do crime. Cerca de cinco anos depois, um tribunal tailandês finalmente emitiu um mandato de prisão contra o milionário. Com o mandato, que foi emitido nesta sexta-feira (28), o caso, que representa perfeitamente a impunidade das classes mais ricas no país asiático, pode realmente avançar. Segundo a porta-voz da polícia local, Krisana Pattanacharoen, a corte aprovou o mandato por atropelamento seguido de omissão de socorro e por condução impudente e afirmou que "Boss" será "julgado como qualquer outro suspeito que está evitando o mandato". O milionário, que não compareceu ao tribunal na última quinta-feira (27) como a Procuradoria havia ordenado, ainda não se apresentou à polícia e o seu atual paradeiro continua desconhecido. Desde que atropelou o policial na estrada de Sukhumvit, perto de Bagcoc, a uma velocidade de cerca de 170 quilômetros por hora em 2012, Yoovidhya perdeu oito audiências na corte da capital, sempre alegando muito trabalho fora do país, principalmente em Londres, onde mora, ou problemas de saúde.   

Quando atropelou o oficial, o milionário tailandês tinha 27 anos. Desde então, várias acusações contra ele já expiraram, como a de excesso de velocidade. Já a acusação de atropelamento e omissão de socorro, que pode ter uma sentença de até três meses de prisão, expira no próximo dia 3 de setembro. A única acusação que ainda demorará para prescrever é a de condução imprudente, que pode se tornar em uma pena de até 10 anos. Ela só expirará em 2027. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos