Taxistas transportaram de graça vítimas de ataque em show

LONDRES E SÃO PAULO, 23 MAI (ANSA) - Em meio ao pânico provocado pelo atentado em um show da cantora Ariana Grande, a população de Manchester demonstrou solidariedade e tentou ajudar as vítimas e feridos disponibilizando gratuitamente casas e corridas de táxi. As companhias de táxi avisaram pelo Twitter que transportariam sem custos as pessoas que precisavam ir para casa ou para hospitais em busca de feridos e desaparecidos. Muitos cidadãos também abriram suas residências para que fãs que estavam no show da Ariana Grande na Manchester Arena passassem a noite, já que estavam impossibilitadas de voltarem para suas cidades porque o metrô tinha sido interrompido. O Twitter e o Facebook ficaram lotados de fotos de crianças desaparecidas ou perdidas de seus pais durante a correria no atentado. As redes sociais também ativaram a função "Safety Check" para quem estiver na zona de ataque confirmar se está a salvo.   

Em um pronunciamento na manhã de hoje (23), a premier britânica, Theresa May, elogiou a atitude das pessoas. "O espírito do Reino Unido não será abalado pelo terrorismo. Os terroristas nunca vencerão. Os nossos valores e o nosso modo de viver vencerão", disse May. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos