Tribunal derruba proibição ao Uber Black na Itália

ROMA, 26 MAI (ANSA) - O Tribunal de Roma emitiu nesta sexta-feira (26) uma sentença revogando a proibição nacional ao serviço Uber Black, do aplicativo de transportes Uber, imposta por ele mesmo no último dia 7 de abril.   

O veredicto segue uma decisão do Parlamento de adiar até 31 de dezembro a regulamentação do setor de táxi e serviços de carros com motorista. "Estamos verdadeiramente felizes em poder anunciar que poderemos continuar usando nosso aplicativo na Itália. Agora, mais do que nunca, é forte e exigência de atualizar a legislação", diz um comunicado da empresa.   

O Uber Black é o serviço original da companhia e exige veículos pretos e de alto padrão e motoristas com roupas sociais. Já o Uber X e Uber Pop, similares ao táxi comum, continuam proibidos na Itália por decisão do Tribunal de Turim.   

"Infelizmente, nada de novo. A decisão do Tribunal de Roma demonstra mais uma vez que a lei, para os amigos, se interpreta, para os inimigos, se aplica. É necessário que o governo fique do lado de um mercado com regras que respeitem o trabalho ou das multinacionais", criticou Nicola Di Giacobbe, representante do sindicato dos taxistas.   

A decisão do governo de adiar a regulamentação do setor motivou diversos protestos e greves nos meses de fevereiro e março.   

(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos