Crise migratória na Itália é 'insustentável', reconhece UE

BRUXELAS, 28 JUN (ANSA) - O comissário europeu para a Imigração, Dimitris Avramopoulos, reconheceu nesta quarta-feira (28) que a "Itália tem razão ao dizer que a situação da rota do Mediterrâneo Central é insustentável". Hoje, o embaixador italiano na União Europeia, Maurizio Massari, apresentou um pedido oficial do governo do país para encontrar uma solução para o agravamento da crise migratória. Em entrevista à ANSA, Avramopoulos destacou que o bloco quer ver "como pode melhorar o apoio ao país" e que "não podemos deixar um punhado de países enfrentar sozinhos" a questão.   

De acordo com o comissário, o tema será levado à pauta da reunião dos ministros do Interior da União Europeia que ocorrerá na próxima semana em Talin, na Estônia. "A Comissão Europeia sempre apoiou a Itália na sua gestão exemplar da crise de refugiados e continuará fazendo isso.   

Estamos prontos para acrescentar de maneira substancial o apoio financeiro à Itália se for necessário", afirmou ainda Avramopoulos. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos