Fiat 500 completa 60 anos e terá exemplar no MoMa, em NY

ROMA , 4 JUL (ANSA) - O Fiat 500, um dos carros mais tradicionais da marca automobilística italiana, completa hoje (4) 60 anos de história. Para comemorar o número, um exemplar do veículo fará parte do MoMa, o Museu de Arte Moderna, em Nova York.   


Lançado em 4 de julho de 1957, o primeiro modelo do automóvel foi o Nuova 500, que ficou no mercado até 1960. Na época, outros modelos também foram comercializados pela Fiat, como o 500 D, 500 Giardiniera e, por fim, o 500 Furgoncino.   


A cópia adquirida pelo MoMa será um 500 F, ou popularmente conhecido como "Berlina", o modelo mais popular do veículo, produzido de 1965 a 1972. Para o chefe executivo da Fiat, Olivier François, o veículo não é apenas um "automóvel". "Se é verdade que o Fiat 500 fez história dos automóveis, então também é um fato de que ele não é somente um carro. Nos seus 60 anos de história, o 500 tem ido muito além de sua manifestação material para entrar no imaginário coletivo, tornando-se um ícone", declarou.   


A nova geração do Fiat 500, lançado em 2007, está alcançando bons resultados para a marca. O veículo é líder de vendas em oito países. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos