A tentativa impossível de dar cidadania vaticana a Charlie

SÃO PAULO, 6 JUL (ANSA) - A luta para dar sobrevida ao bebê britânico Charlie Gard tem sido o foco das forças diplomáticas no Vaticano desde que a Corte Europeia de Direitos Humanos ordenou que os equipamentos do bebê de 10 meses fossem desligados.   

De acordo com fontes, o Estado tentou até mesmo conceder a cidadania vaticana ao pequeno bebê para tentar transferi-lo para o hospital pediátrico mantido pela Santa Sé, o Bambino Gesù, mas as tentativas foram em vão.   

Isso porque, mesmo se conseguissem dar a cidadania ao pequeno bebê, o hospital que fica em Roma seria obrigado a cumprir a determinação judicial de tirar os aparelhos da criança.   

De acordo com a presidente do Bambino Gesù, Mariella Enoc, tanto as autoridades da Itália e do Vaticano, como as do hospital, receberam a mesma resposta: só poderia ser feita a transferência se a entidade desligasse os aparelhos. "E óbvio que respondemos não", acrescentou a líder.   

Desde a última segunda-feira (3), a Santa Sé luta para encontrar formas para que Charlie seja mantido vivo enquanto seu corpo funcionar. No entanto, as possibilidades até o momento não indicam um caminho nesse sentido para o bebê.   

O caso de Charlie tem comovido a Europa, especialmente, após a Corte de Direitos Humanos mandar desligar os aparelhos. O bebê sofre de uma doença rara e incurável chamada de miopatia mitocondrial, que causa a perda progressiva da força muscular.   

Os pais do bebê Connie Yates e Chris Gard são contrários ao desligamento e até chegaram a fazer uma arrecadação virtual para que Charlie recebesse um tratamento experimental - já que as curas tradicionais não fazem mais efeito.   

No entanto,apesar de conseguir mais de 1,4 milhão de euros, eles não conseguiram essa autorização das autoridades e lutam contra o tempo para salvar a vida do menino. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos