Naufrágio na Líbia deixa mais de 100 imigrantes desaparecido

CAIRO, 21 SET (ANSA) - Mais de 100 imigrantes estão desaparecidos e pelo menos cinco morreram após o barco em que viajavam ter naufragado na costa oeste da Líbia, informou nesta quinta-feira (21) o porta-voz da marinha local, Ayob Amr Ghasem, citando sobreviventes.   

De acordo com um comunicado enviado à ANSA, o marinheiro informa que ontem (20) a tarde "foi encontrado um navio destruído com sete imigrantes ilegais vivos", após permanecerem três dias no mar antes do resgate.   

Hoje(21), 30 pessoas foram resgatadas, incluindo cinco mulheres e uma criança. No total, estima-se que cerca de 130 pessoas estavam dentro da embarcação, que naufragou após ter "um esgotamento de combustível". Na semana passada, cerca de 3 mil imigrantes foram levados de volta ao país pela Guarda Costeira Líbia e outros 2 mil desembarcaram na Itália.   

Durante os últimos cinco anos, quando a crise migratória ao continente europeu aumentou consideralvemente, a Itália tem sido uma das principais portas de entrada para imigrantes ilegais, especialmente vindo da Líbia - de onde partem praticamente todos os barcos com deslocados para as ilhas italianas. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos