Incêndio com 12 mortos em Nova York foi iniciado por criança

NOVA YORK, 29 DEZ (ANSA) - O incêndio que matou ao menos 12 pessoas em um prédio residencial no bairro do Bronx, em Nova York, foi iniciado por uma criança.   

Segundo o prefeito Bill de Blasio, os investigadores descobriram que as chamas começaram porque um menino de três anos estava "brincando" com o fogão de sua casa. O incêndio foi deflagrado no primeiro andar do prédio.   

De acordo com o chefe dos bombeiros em Nova York, Daniel Nigro, a mãe do menino, ao ver o fogo, o arrastou junto com outro filho, de dois anos, para fora do edifício. No entanto, deixou a porta aberta, e as chamas se alastraram rapidamente.   

Além disso, o prédio violava várias normas anti-incêndio, e seus detectores de fumaça não estavam funcionando. A construção foi erguida há mais de 100 anos e tem mais de 20 apartamentos.   

Quatro pessoas ficaram feridas.   

Esse é o incêndio mais mortal dos últimos 25 anos na cidade, segundo De Blasio. Entre as 12 vítimas, estão quatro mulheres, quatro homens e quatro crianças. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos