Ex-diretor do FBI é interrogado sobre 'caso Rússia'

WASHINGTON, 23 JAN (ANSA) - Além do procurador-geral dos Estados Unidos, Jeff Sessions, o ex-diretor do FBI James Comey, demitido pelo presidente Donald Trump em maio de 2017, também foi interrogado pelo procurador especial do inquérito sobre a suposta interferência da Rússia nas eleições norte-americanas de 2016, Robert Mueller.   

De acordo com o jornal New York Times, o interrogatório ocorreu no ano passado, quando Comey teria sido questionado sobre uma série de memorandos escritos sobre sua interação com Trump, incluindo um pedido para encerrar a investigação do ex-conselheiro de Segurança Nacional Michal Flynn. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos