Presidente do Egito fica sem adversários para eleições

CAIRO, 29 JAN (ANSA) - O advogado e ativista pelos direitos humanos Khaled Ali anunciou nesta quarta-feira (24) a retirada de sua candidatura a presidente do Egito, deixando o atual mandatário do país, Abdel Fattah al Sisi, como o único concorrente.   

Na última terça (23), o general da reserva Sami Anan, acusado de violar documentos oficiais para se candidatar, já havia saído da disputa eleitoral. Ali afirma ter sido alvo de "intimidações" e obstáculos contra sua tentativa de desafiar Sisi, que comanda o país desde junho de 2014, um ano depois de ter liderado um golpe para derrubar Mohamed Morsi.   

Se ninguém se candidatar nos próximos cinco dias, Sisi será o único candidato nas eleições presidenciais de 26 a 28 de março.   

(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos