Papa Francisco lamenta incêndio em hospital da Coreia do Sul

ROMA, 26 JAN (ANSA) - Em uma mensagem enviada ao governo da Coreia do Sul, o papa Francisco disse estar "profundamente triste" pelas notícias de mortos e feridos em um incêndio no hospital de Miryang nesta sexta-feira (26).   

No documento, assinado pelo secretário de Estado, cardeal Pietro Parolin, Francisco expressou "sua sincera solidariedade a todas as pessoas atingidas por essa tragédia" e disse que "reza em particular pelos defuntos e pela cura dos feridos".   

O Pontífice ainda oferece orações para que as autoridades civis e as equipes de emergência enfrentem com "coragem" a tragédia.   

Até o momento, foram confirmadas 37 mortes e 70 feridos no incidente. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos