Papa compara Cruz Vermelha com a atuação do 'bom samaritano'

CIDADE DO VATICANO, 27 JAN (ANSA) - O papa Francisco recebeu neste sábado (27), para uma sessão privada no Vaticano, representantes da Cruz Vermelha Italiana e teceu elogios às ações da organização mundial.   

"A missão do voluntário, chamado a ir para onde há necessidade de ajuda e a prestar socorro de maneira amável e desinteressada, nos lembra da figura evangélica do Bom Samaritano. O primeiro dos princípios fundamentais do seu Estatuto é a humanidade, que leva a 'prevenir e aliviar qualquer sofrimento humano'. A 'humanidade' é a mesma que faz com que o Bom Samaritano receba o homem ferido e o ajuda", disse o Pontífice.   

Segundo o líder católico, a Cruz Vermelha desenvolve "na Itália e no mundo um serviço insubstituível, precioso seja pela obra que materialmente realiza, seja pelo espírito com a qual a cumpre, que contribui para difundir uma mentalidade nova, mais aberta, mais solidária".   

Ao falar sobre o mundo atual, e a necessidade da atuação de ONGs como a Cruz Vermelha, Jorge Mario Bergoglio voltou a condenar a "cultura do descarte" que atinge tantas pessoas pelo mundo.   

"Afirmar o princípio da humanidade significa, então, fazer-se promotores de uma mentalidade com raízes no valor de cada ser humano, e de uma prática que coloque no centro da vida social não os interesses econômicos, mas o cuidado com as pessoas. Não o dinheiro no centro, não! As pessoas", disse sob aplausos.   

(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos