Prefeita de Roma proibirá carros a diesel a partir de 2024

ROMA, 27 FEV (ANSA) - A prefeita de Roma, Virginia Raggi, anunciou nesta terça-feira (27) que irá proibir na "cidade eterna" a circulação de veículos privados movidos a diesel com alto índice de poluição. A medida foi revelada pela italiana durante a conferência "Women4Climate ("Mulheres pelo Clima", em tradução livre) no México, que reúne as prefeitas do C40.   

"Roma decidiu se envolver na linha de frente e na Cidade do México, durante a conferência C40, anunciei que, a partir de 2024, o uso de veículos movidos a diesel será banido no centro da cidade de Roma", escreveu a prefeita no Twitter.   

"Nossa cidades correm o risco de enfrentar desafios inesperados.   

Estamos cada vez mais testemunhando fenômenos extremos: a seca por longos períodos, como está acontecendo no Lazio; chuva que em um dia pode derramar a chuva de um mês inteiro no chão; ou mesmo cachoeiras incomuns de baixo nível, como aquelas que estão atualmente acontecendo na Itália. Para isso devemos agir rapidamente", completou Raggi.   

Nesta manhã, a corte federal alemã de Leipzig também decidiu autorizar cidades a restringir os carros a diesel. No entanto, a medida pode desvalorizar 12 milhões de veículos no maior mercado de automóveis da Europa.   

Além disso, a decisão poderá forçar as fabricantes a realizarem mudanças de alto custo nos veículos. Segundo a Agência Federal de Meio Ambiente da Alemanha, cerca de 70 cidades alemãs têm níveis de dióxido de nitrogênio superiores ao limite anual médio de 40 microgramas/mü em 2017. Munique, Stuttgard e Colônia são os casos mais extremos. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos