Ex-presidente da Itália é internado às pressas em Roma

ROMA, 24 ABR (ANSA) - O ex-presidente da República da Itália Giorgio Napolitano, 92 anos, foi internado às pressas nesta terça-feira (24), em Roma, após ter sofrido um mal estar.   

O ex-chefe de Estado apresentou "problemas circulatórios" na artéria aorta e foi levado ao hospital San Camillo. Presidente da República entre maio de 2006 e janeiro de 2015, Napolitano é uma das figuras públicas mais respeitadas da Itália e também exerce o cargo de senador vitalício.   

Além disso, foi deputado (1953-1963 e 1968-1996), presidente da Câmara (1992-1994), ministro do Interior (1996-1998) e ministro da Proteção Civil (1996-1998). Em 2006, foi eleito pelo Parlamento como chefe de Estado, exercendo o mandato de sete anos até o fim.   

Em 2013, se tornou o primeiro presidente da história italiana a ser reeleito, já que os partidos não conseguiram chegar a um acordo sobre nenhum outro nome. Desde então, se tornou figura determinante para garantir um governo ao país, apesar do Parlamento dividido.   

Nomeou Enrico Letta como primeiro-ministro em 2013 e, no ano seguinte, deu o cargo a Matteo Renzi - ambos são do Partido Democrático (PD), de centro-esquerda. Napolitano anunciou sua renúncia em 31 de dezembro de 2014 e deixou o cargo em 14 de janeiro de 2015, aos 89 anos, devido à idade avançada. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos