PUBLICIDADE
Topo

Apesar de vexame, Low continua no comando da Alemanha

03/07/2018 15h24

BERLIM, 03 JUL (ANSA) - Mesmo após o vexame da Alemanha na Copa do Mundo de 2018, na Rússia, a Federação Alemã de Futebol (DFB) confirmou nesta terça-feira (3) que manterá o técnico Joachim Löw no comando da seleção.   


No cargo desde 2006, o treinador realizou boas campanhas nas Copas de 2010 e 2014, conquistando o tetracampeonato mundial no Brasil, em cima da Argentina. Além disso, o técnico de 58 anos levou a Alemanha à decisão da Eurocopa de 2008 e às semifinais de 2012 e 2016.   


No entanto, o maior fracasso de Löw como técnico da Alemanha foi na Copa de 2018, quando o país caiu na fase de grupos. Apesar da vitória diante da Suécia, os alemães foram despachados do Mundial por conta das derrotas contra México e Coreia do Sul.   


"Sou muito grato pela confiança que a DFB continua depositando em mim. Eu me sinto, apesar das justas críticas, muito encorajado. Minha decepção ainda é enorme, mas agora quero projetar a reconstrução da equipe com total comprometimento", disse Löw.   


Após o vexame na Copa, a Alemanha voltará a campo em setembro, pela Liga das Nações, a nova competição de seleções da Uefa. Os alemães caíram no grupo A, ao lado de Holanda e França. Antes da seleção alemã, Löw teve passagens por Stuttgart, Fenerbahçe, Austria Wien, Karlsruher e Tirol Innsbruck. O contrato do treinador com a Alemanha vai até 2022. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.