PUBLICIDADE
Topo

Irã ajudará a reconstruir a Síria

13.ago.2018 - Aleppo, na Síria: a cidade sofreu uma série de destruições nos últimos anos - Getty Images
13.ago.2018 - Aleppo, na Síria: a cidade sofreu uma série de destruições nos últimos anos Imagem: Getty Images

Beirute

27/08/2018 16h17

O governo iraniano anunciou nesta segunda-feira (27) que chegou a um acordo de cooperação para reconstrução do exército e da indústria militar da Síria. O comunicado foi feito pelo ministro da Defesa do país, Amir Hatani, que fez visita de dois dias a Damasco, segundo a rede de televisão árabe al-Mayadeen.

Os detalhes do acordo não foram divulgados. Hatami disse que o Irã atua na Síria a convite do governo do presidente sírio, Bashar al-Asad. O país persa é um dos principais aliados do governo sírio na guerra civil do país, iniciada em 2011, provendo consultores, suprimentos militares e treinando milhares de milicianos para combaterem ao lado do exército sírio. Grupos de monitoramento dizem que o conflito já matou mais de 400 mil pessoas e causou danos materiais de US$ 300 bilhões. 

Desde que o Irã e a Rússia intervieram em favor do governo, as forças leais a Bashar al-Asad retomaram espaço no conflito. 

A decisão iraniana acontece em meio a sanções do governo norte-americano, que exigiu que o país deixe o conflito na Síria como condição para o fim das sanções aplicadas no começo do mês ao país persa. Israel também foi contra a decisão e disse que não vai tolerar a presença de forças armadas iranianas perto da fronteira.

Internacional