PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Vice-premier italiano chama Macron de 'hipócrita falastrão'

30/08/2018 08h25

ROMA, 30 AGO (ANSA) - O vice-premier e ministro do Interior da Itália, Matteo Salvini, chamou hoje (30) o presidente da França, Emmanuel Macron, de "hipócrita e falastrão", aumentando a tensão entre os dois países.   

"Macron, que faz o papel de bonzinho, rejeitou no ano passado 40 mil imigrantes na fronteira com a Itália. Ou seja, é um bonzinho muito estranho. É um hipócrita, um falastrão", disse Salvini em uma entrevista nesta manhã à "Radio Padova".   

"É um falastrão hipócrita que se move somente por interesse econômico. A Itália fez, socorreu e pagou mais que o suficiente por isso. Portanto, não devemos ter lições de solidariedade com ninguém", completou.   

Desde que tomou posse, em 1 de junho, Salvini e Macron trocam acusações e críticas sobre a postura de cada país em relação à crise imigratória na Europa.   

Enquanto Salvini, do partido nacionalista Liga Norte, alega que a Itália já acolheu imigrantes suficientes e exige uma participação maior dos países europeus, Macron critica a posição do novo governo italiano de não deixar mais que embarcações com imigrantes cheguem aos portos da península. Em um texto em sua página no Facebook, Salvini escreveu hoje que, desde o início de 2017, a França rejeitou mais de 48 mil imigrantes na fronteira com a Itália, incluindo crianças e mulheres. "Seria essa a Europa acolhedora e solidária da qual falam tanto Macron e os 'bonzinhos'?", ironizou. "Em vez de dar lição de moral aos outros, eu convidaria o hipócrita presidente francês a reabrir as fronteiras e acolher os milhares de refugiados que tinha prometido receber. A Itália não é mais o campo de refugiados da Europa", afirmou Salvini. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Internacional