PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Produção de queijo Parmiggiano Reggiano bate recorde em 2018

28/12/2018 16h57

ROMA, 28 DEZ (ANSA) - A produção de queijo Parmigiano Reggiano (o "parmesão" original italiano) fechou o ano de 2018 com crescimento recorde de 1,5%, ou 3,7 milhões de formas produzidas, segundo o consórcio de proteção da denominação. O grupo divulgou nesta sexta-feira (28) a aprovação e publicação no site do Ministério para as Políticas Agrícolas italiano de alterações complementares do plano de regulação da oferta do queijo, referente ao período de 2017 a 2019.   

"O mercado está premiando o nosso trabalho, mas os aumentos na produção são significativos e não podem deixar de representar um risco de queda nos preços", disse o presidente do Consórcio de produtores, Nicola Bertinelli.   

"O desafio que nos espera é colocar o Parmigiano Reggiano no mercado a um preço que seja remunerador. Em 2019, estamos prevendo um novo aumento na produção , que levará o número de formas a 3,75 milhões. Por esse motivo, apresentamos um plano de regulação da oferta inovador, simples e eficaz, que permitirá o crescimento de forma racional e com flexibilidade, para que assim possamos reagir prontamente às mudanças do mercado", acrescentou. Em 2019, o consórcio prevê chegar à receita recorde de 38,4 milhões de euros, frente aos 33,4 milhões de 2018.   

"Em 2019, teremos à disposição 38 milhões de euros para apoiar o mercado e criar novas oportunidades de demanda. Para que o crescimento seja constante, devemos investir em comunicação para enfatizar o 'plus' do produto e distingui-lo de similares", concluiu Bertinelli. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Internacional