PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Guaidó denuncia incursão da polícia em sua casa

31/01/2019 20h44

CARACAS, 31 JAN (ANSA) - O autoproclamado presidente interino da Venezuela, Juan Guaidó, denunciou nesta quinta-feira (31) uma incursão da Força de Ação Especial (Faes) da Polícia Nacional Bolivariana em sua casa.   

Enquanto discursava na Universidade de Caracas, Guaidó anunciou que os agentes estavam em sua residência, no bairro de Santa Fe.   

"Eles estão procurando Fabiana [Rosales, sua esposa]", disse, antes de interromper seu pronunciamento.   

No Twitter, ele advertiu que consideraria o "cidadão Nicolás Maduro" responsável por qualquer coisa que acontecesse com seu filho, de pouco menos de dois anos. O comandante da polícia, Carlos Alfredo Pérez Ampueda, no entanto, negou a incursão.   

"É totalmente falso que agentes da Faes tenham ido a Santa Fe procurar a família do deputado Guaidó", declarou.   

Avião - Um misterioso Boeing 757 cargueiro da Rússia aterrissou na noite desta quarta-feira (30) em Caracas, supostamente para levar dólares obtidos graças à venda de ouro venezuelano para Dubai.   

As reservas do metal eram mantidas sob custódia do Banco Central russo, segundo o jornal Novaya Gazeta, que diz que a aeronave carregava cerca de US$ 1,2 bilhão em dinheiro vivo. O Banco Central, por sua vez, negou que mantenha reservas de ouro da Venezuela. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Internacional