Topo

Premier da Austrália contraria pesquisas e vence eleições

2019-05-18T12:32:00

18/05/2019 12h32

ROMA, 18 MAI (ANSA) - Contrariando a maioria das pesquisas de intenção de voto, a coalizão conservadora do primeiro-ministro da Austrália, Scott Morrison, venceu as eleições federais deste sábado (18) e ganhou o direito de governar por mais três anos.   

As sondagens indicavam que o Partido Trabalhista encerraria os seis anos de gestão do Partido Liberal no país, mas acabou acontecendo o contrário. "Sempre acreditei em milagres", disse Morrison, que governa a Austrália desde agosto de 2018, após a queda de Malcolm Turnbull.   

Já o líder da oposição, Bill Shorten, reconheceu a derrota e renunciou à liderança de seu partido. "É óbvio que o Partido Trabalhista não conseguirá formar o próximo governo, então, no interesse nacional, liguei para Scott Morrison para parabenizá-lo", disse Shorten a seus apoiadores.   

A emissora pública ABC prevê que os liberais terão 74 dos 151 assentos da Câmara Baixa, enquanto 66 irão para os trabalhistas.   

Outras seis cadeiras estão com legendas menores, enquanto cinco ainda não foram definidas - um partido precisa de 76 deputados para garantir a maioria.   

"Este não é meu dia nem do Partido Liberal. Este é o dia de cada australiano que pede que o governo coloque a Austrália em primeiro lugar", disse o primeiro-ministro. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Mais Internacional