PUBLICIDADE
Topo

Após exames, autoridades italianas descartam caso suspeito de coronavírus

Segundo médicos, a mulher, internada no Hospital Policlínico de Bari com sintomas similares ao de uma gripe, tem outra patologia - Reuters
Segundo médicos, a mulher, internada no Hospital Policlínico de Bari com sintomas similares ao de uma gripe, tem outra patologia Imagem: Reuters

23/01/2020 19h07

ROMA, 23 JAN (ANSA) - Os primeiros exames médicos realizados na tarde desta quinta-feira (23) descartam a possibilidade do primeiro caso na Itália de infecção pelo coronavírus 2019 -nCoV, que já matou 18 pessoas na China.

De acordo com médicos italianos, a mulher, que não teve sua identidade revelada e foi internada no Hospital Policlínico de Bari com sintomas similares ao de uma gripe, tem outra patologia.

"Com base nos testes microbiológicos realizados, foi identificada uma positividade para o micoplasma. Esse diagnóstico é clinicamente compatível com os sintomas apresentados pela paciente e não muito diferente da doença causada pelo coronavírus", diz o comunicado do centro médico.

Segundo a nota, o hospital ainda aguarda outras análises que estão em andamento em um instituto especializado em Roma para confirmar o diagnóstico.

A cantora italiana foi internada ontem (22) com febre e tosse após retornar de uma turnê na cidade chinesa de Wuhan, onde foi registrado o epicentro do surto.

Internacional