PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Escritório de Navalny é atacado na Rússia; três voluntários passam mal

Equipe de opositor (em foto de 2019) trabalha para as eleições regionais, que serão realizadas em 13 de setembro - Vasily Maximov/AFP
Equipe de opositor (em foto de 2019) trabalha para as eleições regionais, que serão realizadas em 13 de setembro Imagem: Vasily Maximov/AFP

Da ANSA, em Roma (Itália)

08/09/2020 16h04

Ao menos três voluntários que trabalham no escritório do líder da oposição russa, Alexei Navalny, na Sibéria passaram mal após um homem jogar uma garrafa com um "produto químico" dentro do local, informaram hoje os opositores.

Dois dos funcionários do gabinete, chamado de "Novosibirsk 2020", precisaram ser levados ao hospital. O escritório está em plena campanha para as eleições regionais, que serão realizadas em 13 de setembro.

As testemunhas informaram que dois homens encapuzados estavam na ação e que um deles foi quem arremessou a garrafa. Eles fugiram antes da chegada dos policiais.

"Uma pessoa desconhecida invadiu o escritório e jogou uma garrafa cheia desse produto desconhecido. Estávamos em reunião com cerca de 50 pessoas. O cheiro era muito picante e insuportável", relatou uma das integrantes do grupo, Olga Gousseva, em seu Twitter.

O chefe do escritório local, Serghei Boiko, afirmou que acredita que o que tinha na garrafa era um remédio usado por veterinários como antisséptico e antiinflamatório para animais, chamado de Dorogov.

O ataque ocorre menos de 20 dias depois do líder oposicionista Alexei Navalny ter sido envenenado, justamente, na Sibéria.

Atualmente, o russo está internado no hospital Charitè, em Berlim, na Alemanha.

Internacional