PUBLICIDADE
Topo

Gestão Bolsonaro é aprovada por 40%, aponta pesquisa Ibope

24/09/2020 19h03

SÃO PAULO, 24 SET (ANSA) - Uma pesquisa Ibope divulgada nesta quinta-feira (24) revelou que a popularidade do presidente Jair Bolsonaro aumentou neste mês, na comparação com dezembro do ano passado.   


Segundo dados do estudo feito a pedido da Confederação Nacional da Indústria (CNI), 40% da população avalia o governo como "ótimo" ou "bom", um aumento de 11 pontos em relação a dezembro de 2019 (29%).   


Até agora, este é o maior índice desde o início do mandato do líder brasileiro.   


O levantamento, que foi realizado entre os dias 17 e 20 de setembro e ouviu 2 mil pessoas em 127 municípios, também informa que a avaliação "ruim" ou "péssima" passou de 38% para 29% nos últimos nove meses.   


Além disso, 46% dos cidadãos disseram confiar em Bolsonaro, enquanto 51% não confiam. Somente 3% dos entrevistados não souberam responder. A margem de erro da pesquisa é de dois pontos percentuais para mais ou para menos e o nível de confiança, de 95%.   


Já em relação à expectativa dos cidadãos sobre o governo, os resultados mostram que 36% acreditam que a administração de Bolsonaro será "ótima" e "boa" nos próximos anos de mandato. Os que afirmaram ser "ruim" e "péssima" são 30%, enquanto os que acreditam que o governo será "regular" são 29%.   


A pesquisa avaliou ainda a percepção da população em relação às áreas do governo: Segurança pública - Aprova: 51%; Reprova: 45%; Não sabe/não respondeu: 3%.   


Combate à fome e à pobreza - Aprova: 48%; Reprova: 49%; Não sabe/não respondeu: 3% Meio ambiente - Aprova: 37%; Reprova: 57%; Não sabe/não respondeu: 6%.   


Saúde - Aprova: 43%; Reprova: 55%; Não sabe/não respondeu: 2%.   


Educação - Aprova: 44%; Reprova: 52%; Não sabe/não respondeu: 3% Combate ao desemprego - Aprova: 37%; Reprova: 60%; Não sabe/não respondeu: 3% Combate à inflação - Aprova: 38%; Reprova: 56%; Não sabe/não respondeu: 6% Taxa de juros - Aprova: 30%; Reprova: 64%; Não sabe/não respondeu: 7% Impostos - Aprova: 28%; Reprova: 67%; Não sabe/não respondeu: 5% (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.