PUBLICIDADE
Topo

Italiano de 81 anos faz serenata para esposa internada

29/11/2020 11h05

SÃO PAULO, 29 NOV (ANSA) - A proibição de visitas em hospitais é um dos efeitos colaterais da pandemia do novo coronavírus na Itália, que voltou a adotar medidas restritivas em novembro para conter a segunda onda da crise.   

Mas isso não impediu um idoso de 81 anos, Stefano Bozzini, de expressar o amor pela mulher que foi sua esposa durante quase meio século, Carla Sacchi, que estava internada em um hospital de Castel San Giovanni, norte do país, por uma doença não relacionada à Covid-19.   

No início do mês, Bozzini colocou um banquinho em frente à janela do quarto de Sacchi e fez uma serenata com seu acordeão em homenagem à esposa, tocando algumas de suas músicas favoritas, como "Spanish Eyes", de Bert Kaempfert.   

O vídeo viralizou nas redes sociais e deu mais um exemplo da força do amor em um momento difícil como a pandemia de coronavírus. Sacchi, que tinha 74 anos, morreu na última quinta-feira (26) e foi sepultada no sábado (28).   

"No profundo respeito por sua dor, estamos ao lado do senhor Stefano porque sua música, naquela tarde, foi uma carícia para a senhora Carla, mas também, de algum modo, para cada um de nós", escreveu no Facebook a prefeita da cidade vizinha de Piacenza, Patrizia Barbieri. (ANSA).   

Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.