PUBLICIDADE
Topo

Conteúdo publicado há
1 mês

ANSA inaugura mostra sobre Falcone e Borsellino em Palermo

22/05/2022 13h15

PALERMO, 22 MAI (ANSA) - A agência ANSA inaugurou uma exposição permanente na sala de embarque do aeroporto internacional de Palermo para lembrar os juízes Paolo Borsellino e Giovanni Falcone - ambos assassinados em atentados da máfia Cosa Nostra em 1992.   


A mostra é organizada pela ANSA em conjunto com a Gesap, empresa gestora do aeroporto de Palermo, a Fundação Federico II e a região da Sicília.   


A cerimônia de abertura foi realizada na última sexta-feira (20) e contou com a presença dos familiares das vítimas, autoridades civis e militares, o CEO da Gesap, Giovanni Scalia, e a diretora da Fundação Federico II, Patrizia Monterosso.   


A exposição foi criada como uma homenagem à memória e ao sacrifício dos dois magistrados, que fizeram uma série de investigações contra a máfia siciliana Cosa Nostra e tornaram-se símbolos da luta contra os criminosos no início da década de 1990.   


A instalação fotográfica e seu catálogo reconstroem - através das imagens privadas disponibilizadas por familiares e do arquivo fotográfico da ANSA - a vida de Falcone e Borsellino, desde a adolescência em Palermo, a entrada no judiciário, o nascimento da equipe antimáfia, os julgamentos e os massacres de ambos.   


O percurso criado pelas imagens é integrado - dentro dos painéis expositivos - por reproduções dos "lançamentos" da ANSA.   


Segundo os organizadores, a exposição é um verdadeiro caminho de educação em legalidade e memória, que tem como principal objetivo fazer os jovens conhecerem quem foram Falcone e Borsellino e o que realmente aconteceu em 1992. (ANSA).   


Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.