Maior aeronave do mundo é danificada ao aterrissar de nariz

A Airlander 10, maior aeronave do mundo, ficou danificada depois de aterrissar de nariz em seu segundo voo teste.

Mistura de avião com dirigível, o aparelho tem 92m de comprimento. Não houve feridos.

O dano aconteceu na base aérea de Cardington, em Bedfordshire, na Inglaterra.

A aeronave, que custou 25 milhões de libras (cerca de R$ 107 milhões), teve o cockpit avariado quando tocou a pista de pouso, às 11h no horário local (7h de Brasília).

De acordo com a fabricante da aeronave, a HAV, o voo "correu muito bem, e o único problema foi quando aterrissou".

A empresa negou relatos de uma testemunha de que uma linha que pendia da aeronave atingiu um poste pouco antes de ela aterrissar.

Segundo a HAV, uma investigação interna apurará a razão do incidente.

O primeiro voo teste da aeronave foi realizado no dia 17 de agosto.

A Airlander 10 foi desenvolvida inicialmente como uma aeronave de vigilância do governo americano, mas o projeto foi descontinuado em meio a cortes no programa de Defesa.

A HAV retomou a iniciativa e lançou a aeronave em maio do ano passado.

Segundo a empresa, ela pode ser usada para uma série de funções, como comunicação, ajuda humanitária e até transporte de passageiros.

A aeronave tem autonomia para permanecer no ar por até cinco dias em voos controlados, informou a companhia.

A HAV planeja construir 10 Airlanders por ano em 2021.

Airlander 10 em números:

20.000 kg: Peso de um dirigível
6.100m: Altitude alcançada
148 km/h: Velocidade máxima
5 dias: Autonomia no ar em voos controlados
10.000kg: Carga máxima (equivalente ao peso de um navio) 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos