PUBLICIDADE
Topo

Alemanha promete mais 1 bilhão de euros à Síria

25/04/2018 05h54

Governo alemão aumenta sua contribuição de ajuda humanitária para a Síria e países vizinhos que abrigam refugiados. Desde 2012, Berlim doou mais de 4,5 bilhões de euros para campanhas de ajuda na região.A Alemanha decidiu aumentar sua ajuda financeira para a Síria e refugiados na região e prometeu repassar o valor extra de 1 bilhão de euros. A ONU tinha pedido que os países doadores fizessem mais doações ao alertar que 13 milhões de pessoas na região precisam de ajuda humanitária de emergência.

"Somente na Síria ainda há mais de 13 milhões de pessoas que dependem da ajuda humanitária", disse o ministro do Exterior alemão, Heiko Mass, ao chegar a Bruxelas para uma conferência de doadores. "Não podemos deixar o povo sírio abandonado."

Leia também: "Missão cumprida", mas qual é o plano para Síria?

O ministro alemão anunciou que outros 300 milhões de euros podem ser acrescentados à promessa da Alemanha, assim que o governo federal selar seu orçamento, postergado devido à demora na formação de um governo depois das eleições gerais de setembro de 2017.

Além das preocupações da Alemanha com a "proteção da população civil", Maas enfatizou que o governo alemão está "fortemente comprometido com o esforço" de reiniciar o processo político para solucionar o conflito.

Durante a campanha de ajuda humanitária à Síria promovida pelas Nações Unidas no ano passado, a Alemanha foi o maior doador e contribuiu com cerca de 4,5 bilhões de euros em ajuda desde 2012.

Mais de 80 delegações de dezenas de países participam dos dois dias da conferência de doadores, que é copatrocinada pela ONU e pela União Europeia. ONU e UE esperam não só mobilizar apoio financeiro para a Síria e os países vizinhos, mas também reavivar as negociações de paz de Genebra.

Organizações de ajuda humanitária esperam que os doadores da conferência deste ano ultrapassem a marca dos 6 bilhões de dólares em ajuda humanitária de emergência que foram prometidos no ano passado. Na terça-feira, os chefes das agências da ONU alertaram que apenas 2,3 bilhões de dólares foram recebidos até o momento.

Centenas de milhares de pessoas foram mortas na Síria durante a guerra civil que já perdura sete anos no país. Milhões de sírios que fogem do conflito estão refugiados em países vizinhos, como Turquia, Líbano e Jordânia, e na Alemanha.

PV/dpa/rtr

_______________

A Deutsche Welle é a emissora internacional da Alemanha e produz jornalismo independente em 30 idiomas. Siga-nos no Facebook | Twitter | YouTube | WhatsApp | App | Instagram