Trump sugere local para encontro com Kim

No Twitter, presidente americano afirma que reunião deveria acontecer na fronteira entre as duas Coreias. Viagem histórica pode ser realizada dentro de menos de um mês.O presidente americano, Donald Trump, sugeriu nesta segunda-feira (30/04), em mensagem no Twitter, que seu encontro com o ditador norte-coreano, Kim Jong-um, poderia acontecer na zona de fronteira entre as duas Coreias.

Leia também: Opinião - Esperança de paz entre Coreias

Segundo escreveu Trump, vários países estão sendo considerados, mas talvez a Casa da Paz, na fronteira entre as Coreias do Norte e do Sul, seria um lugar mais "representativo e duradouro" que um terceiro país. "Estou só perguntando", finalizou.

A Casa da Paz, um edifício situado na faixa sul da Área de Segurança Conjunta (JSA, na sigla em inglês), foi o lugar em que se reuniram na semana passada Kim e o presidente sul-coreano, Moon Jae-in, na primeira reunião entre líderes das duas Coreias em 11 anos.

Trump anunciou no sábado que a reunião com Kim acontecerá daqui "a três ou quatro semanas", o que representa uma leve antecipação em relação às estimativas da Casa Branca, que estabelecera o encontro para o fim de maio ou início de junho.

Esta é a primeira vez em que o presidente dos EUA se pronuncia sobre um lugar exato para a realização da histórica reunião, já que, até agora, tinha falado de "duas ou três sedes" que estavam sob consideração.

Vários países, como Tailândia e Mongólia, tinham se oferecido até agora para receber a cúpula, que tem como objetivo principal iniciar o processo de desnuclearização da Coreia do Norte.

O presidente sul-coreano afirmou nesta segunda-feira que a meta de desnuclearização e o fato de ter conseguido a realização de uma reunião são motivos suficientes para que Trump seja o próximo ganhador do prêmio Nobel da Paz.

O encontro entre Kim e Trump será a primeira vez em que os líderes de EUA e Coreia do Norte se reúnem em 70 anos de conflito, que começou com a Guerra da Coreia (1950-1953) e há pelo menos 25 anos é tema de negociações fracassadas.

RPR/rtr/efe

______________

A Deutsche Welle é a emissora internacional da Alemanha e produz jornalismo independente em 30 idiomas. Siga-nos no Facebook | Twitter | YouTube | WhatsApp | App | Instagram

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos