Avalanche mata 5 militares franceses nos Alpes

Paris, 18 jan (EFE).- Uma avalanche nos Alpes provocou a morte de cinco soldados franceses que participavam, como parte de um grupo de 50, de um exercício militar na região, informou à Agência Efe uma porta-voz da delegação do governo no departamento de Saboia.

Pelo menos 11 militares foram atingidos pela avalanche. Um dos sobreviventes, com hipotermia grave, foi levado ao hospital de Grenoble, e outro, com os mesmos sintomas, mas mais leves, ao de Saint-Jean-de-Maurienne. Os demais quatro atingidos sofreram ferimentos leves, segundo um porta-voz da polícia.

Os trabalhos de resgate, dos quais participaram gendarmes especializados em montanha e três helicópteros, foram concluídos com a localização de todos os militares que participaram do exercício.

A avalanche aconteceu a pouco mais de 2.000 metros de altitude, em uma região próxima à estação de esqui de Valfrejus, perto da fronteira com a Itália. Os militares estavam em uma parte do maciço onde não há pistas para esquiadores e pretendiam chear a um cume próximo quando ocorreu a avalanche, de acordo com as fontes.

O presidente francês, François Hollande, enviou condolências aos familiares das vítimas, e o ministro da Defesa, Jean-Yves Le Drian, viajará amanhã de manhã à região do acidente para expressar apoio aos demais militares.

Na última quarta-feira, dois estudantes franceses e um esquiador ucraniano morreram após serem atingidos por outra avalanche em uma área fechada da estação de Deux Alpes.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos