Ted Cruz vence Trump no caucus do Kansas

  • Robyn Beck/AFP

    Donald Trump (à esq.) e Ted Cruz conversam durante intervalo de debate

    Donald Trump (à esq.) e Ted Cruz conversam durante intervalo de debate

Washington, 5 mar (EFE).- O senador pelo Texas Ted Cruz venceu neste sábado o magnata Donald Trump no caucus (assembleias populares) republicano no Kansas (EUA), segundo as projeções antecipadas pelos principais meios de comunicação.

Com 50% dos votos apurados, Cruz tem 49%, frente aos 24% de Trump e 14% do senador pela Flórida Marco Rubio.

Além do Kansas, os eleitores republicanos votam hoje em eleições primárias e caucus na Louisiana, Kentucky e Maine, enquanto os democratas fazem o mesmo no Kansas e Louisiana, assim como em Nebraska.

Nas primárias de hoje, Donald Trump espera confirmar sua vantagem sobre os outros rivais, já que por enquanto soma 329 delegados, frente aos 231 de seu mais imediato concorrente, Cruz.

Trump confia em vitória na Flórida

O pré-candidato republicano pela presidência dos EUA Donald Trump mostrou confiança neste domingo de que irá triunfar nas primárias do estado da Flórida e assegurar assim sua indicação por esse partido nas eleições de novembro.

Em um comício realizado na cidade de Orlando, o magnata imobiliário afirmou que se nas primárias da Flórida, que serão realizadas em 15 de março, vencer, o grupo republicano terá um candidato definido.

"Se ganharmos na Flórida, acabou", disse Trump na Universidade Central da Flórida (UCF), em um local com capacidade para 10 mil pessoas, enquanto os eleitores republicanos participam de eleições primárias ou caucus no Kansas, Louisiana, Kentucky e Maine.

Candidato ganhou em 7 Estados na Superterça

O pré-candidato, que arrasou nas eleições primárias da Superterça, na qual ganhou em sete de 12 estados em disputa, não fez críticas a seus principais adversários, o senador pelo Texas Ted Cruz e o senador pela Flórida Marco Rubio.

Sabedor da importância que implica um triunfo na Flórida, onde Rubio espera vencer, Trump se referiu ao senador de origem cubana com o apelativo de "Little Marco" e o qualificou de "desastre total".

O empresário e claro favorito em intenções de voto entre os republicanos, colocou em evidência os diferentes negócios e edifícios que levantou em Miami e outras localidades do sul da Flórida, e não duvidou em assegurar que "ama os hispânicos".

Trump manifestou que é a única pessoa que poderia derrotar a eventual candidata pelo Partido Democrata Hillary Clinton, e garantiu que o outro aspirante à indicação democrata, o senador por Vermont Bernie Sanders, já estava fora de corrida.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos