Corte de Apelações rejeita recurso para impedir candidatura de Ted Cruz

Nova York, 24 mar (EFE).- A Corte de Apelações de Albany, no estado de Nova York, rejeitou nesta quinta-feira o recurso apresentado por dois cidadãos que pretendiam que o pré-candidato republicano à presidência dos Estados Unidos, Ted Cruz, fosse retirado da corrida à Casa Branca alegando que nasceu no Canadá e não cumpre os requisitos da Constituição.

O tribunal confirmou a decisão do juiz de primeira instância sem entrar no conteúdo do processo porque o pedido foi formalizado três semanas depois do prazo preceptivo para isso dentro do calendário eleitoral.

"Ordeno reafirmar a decisão", disse em sua decisão a Corte, que explicou que os litigantes apresentaram o pedido em 17 de fevereiro, quando o último dia para fazê-lo legalmente era 29 de janeiro.

As primárias republicanas no estado de Nova York estão previstas para o próximo dia 19 de abril.

Cruz, cujo pai é cubano, nasceu há 45 anos em Calgary, no Canadá, e possui dupla nacionalidade já que sua mãe é americana.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos