Bombardeio da coalizão árabe mata pelo menos 11 civis no Iêmen

Sana, 31 mar (EFE).- Pelo menos 11 civis morreram nesta quinta-feira em um bombardeio da coalizão árabe, liderada pela Arábia Saudita, contra um caminhão no qual se deslocavam as vítimas na província de Taiz, no sudoeste do Iêmen, informaram à Agência Efe fontes tribais.

O bombardeio atingiu o veículo na região de Al Ujlud, na comarca de Maqbana, em Taiz, o que causou a morte de 11 pessoas e provocou ferimentos graves em outras duas, detalharam as fontes.

Nesta região ocorrem duros enfrentamentos entre as forças governamentais leais ao presidente iemenita, Abdo Rabbo Mansour Hadi, e os rebeldes houthis.

A coalizão árabe lança bombardeios diários contra as posições das milícias houthis e dos combatentes de seu aliado, o ex-presidente Ali Abdullah Saleh, em dita província e outras áreas do país, para apoiar as forças de Hadi e as milícias fiéis a elas.

Moradores locais confirmaram à Efe o bombardeio e que o veículo atacado transportava civis.

Dezenas de civis morreram em bombardeios lançados supostamente por erro pela coalizão árabe desde o início da operação militar aérea em março de 2015.

No último dia 15 de março, pelo menos 119 civis, entre eles 22 crianças, morreram em dois bombardeios da coalizão contra um mercado popular na província de Haya, no oeste do país.

Perante a estagnação do conflito, os lados rivais se comprometeram a respeitar uma cessação de hostilidades a partir do próximo dia 10 de abril e a retomar as conversas de paz no dia 18 no Kuwait.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos