Na Argentina, Serra garante que Brasil vive "normalidade democrática"

Buenos Aires, 23 mai (EFE).- O ministro das Relações Exteriores do governo do presidente interino Michel Temer, José Serra, afirmou nesta segunda-feira em Buenos Aires que "qualquer pessoa que vai ao Brasil agora sabe que o país vive a mais perfeita normalidade democrática".

"Há uma onda de desinformação a respeito do que ocorreu no Brasil. O que aconteceu foi um processo traumático, mas dentro da legalidade da Constituição", declarou Serra a jornalistas durante a primeira visita internacional que realiza desde que Temer assumiu a presidência há dez dias.

O ministro abordou o assunto depois de ser consultado por sua opinião sobre a oposição da Câmara dos Deputados argentina ter fracassado no último dia 18 de maio em sua tentativa de aprovar uma declaração em "repúdio ao golpe de Estado" no Brasil, em alusão ao afastamento da presidente Dilma Rousseff.

Os blocos opositores não conseguiram os dois terços dos votos para emitir uma declaração em rejeição à suspensão da presidente, já que a coalizão governista Cambiemos rejeitou a iniciativa, cujo tratamento já tinha sido descartado em outra sessão em 27 de abril.

"Qualquer um que vai ao Brasil agora sabe que o país vive a mais perfeita normalidade democrática. Não é um processo confortável, mas no Brasil foi feito dentro de toda legalidade com as regras próprias definidas pelo Supremo Tribunal Federal, que não pode ser nunca considerado como partidário", ressaltou Serra.

Em sua visita a Buenos Aires, Serra, nomeado chanceler no último dia 12 de maio, se reuniu, entre outras autoridades, com sua colega argentina, Susana Malcorra, com quem assinou um memorando de entendimento para a criação de um mecanismo de coordenação política bilateral.

Serra também teve um encontro privado com o presidente Mauricio Macri, sobre o qual ainda não foi divulgada nenhuma informação.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos