Israel diz ter frustrado envio de material a Gaza; finalidade seriam ataques

Jerusalém, 26 mai (EFE).- Israel revelou nesta quinta-feira que frustrou uma tentativa de se entrar como contrabando um grande número de tubos para a produção de morteiros e dezenas de motores elétricos destinados a serem usados em túneis escavados pelo movimento islamita palestino Hamas na Faixa de Gaza.

Segundo se indica em comunicado divulgado pelo Ministério da Defesa israelense, pessoal de segurança e dos serviços de inteligência confiscaram um grande envio, supostamente de alimentos, no cruzamento de Tarcumiya, próximo à cidade cisjordaniana de Hebron e que tinha como destino Gaza.

A nota, que não detalha quando aconteceu o confisco, acrescenta que as forças de segurança israelenses suspeitaram que tinha como último destino "elementos terroristas do Hamas em Gaza".

A carga estava escondida entre remessas "de roupa e joalheria, e incluía centenas de tubos de metal de 101,6 milímetros, cortados especialmente para a manufatura de morteiros e foguetes".

Também continha dezenas de motores elétricos usados para diferentes trabalhos de fortificação, como "a construção da rede de túneis subterrâneos do Hamas", acrescentou a nota.

A mercadoria devia entrar em Gaza através da passagem de produtos e bens de Kerem Shalom, controlada por Israel.

Sua carga foi confiscada e está sob investigação para determinar quem está por trás da tentativa de contrabando frustrado.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos