Rodeada por simpatizantes, Keiko Fujimori vota nas eleições peruanas

Lima, 5 jun (EFE).- A candidata Keiko Fujimori, de 41 anos, votou neste domingo no segundo turno das eleições presidenciais do Peru em um colégio do distrito de Santiago de Surco, rodeada por dezenas de simpatizantes que cantavam seu nome.

A candidata do partido Força Popular chegou ao colégio Virgen de la Asunción e foi recebida por dezenas de eleitores que gritavam e cantavam seu nome, apesar de a propaganda estar proibida.

Uma vez no local, Keiko fez fila para entrar na sala votação, onde emitiu seu voto e assinou o censo eleitoral, perante as câmeras de dezenas de veículos de comunicação.

Ao retirar-se de seu centro de votação, Fujimori respondeu a seus simpatizantes com o polegar em riste e sorrindo com seu documento de identidade na mão.

Horas antes, durante o café da manhã com sua família, Fujimori disse que hoje "é um dia muito especial" e pediu para que os peruanos fossem "votar sem medo e pensando no país, pois é um dia de festa".

"Hoje o Peru deve ganhar", afirmou Keiko enquanto preparava um sanduíche para suas filhas.

A candidata disse que, em qualquer dos dois cenários após a votação de hoje, "vamos seguir trabalhando, não vamos descansar".

Nas próximas horas votará o candidato Pedro Pablo Kuczynski, o oponente de Keiko Fujimori neste segundo turno, em um colégio do distrito de San Isidro.

Keiko e Kuczynski se enfrentam no segundo turno na qual os peruanos elegerão o presidente que sucederá Ollanta Humala (2011-2016) e que governará o país de 2016 a 2021.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos