Reino Unido decide pela saída da União Europeia, afirma "BBC"

Londres, 24 jun (EFE).- O Reino Unido optou por deixar a União Europeia (UE), de acordo com a previsão da emissora pública britânica "BBC", quando os resultados mostram uma vantagem de 52% para o "brexit" e 48% para a permanência no bloco comunitário.

Mais de 14 milhões de votos optaram por abandonar a UE, enquanto 13 milhões apostaram pela continuidade, embora ainda siga a apuração de milhares de votos no referendo realizado quinta-feira no Reino Unido.

Das 382 zonas que compõem o mapa eleitoral, restam pouco mais de 50, mas deve aguardar a apuração definitiva para determinar a porcentagem final.

Após sua entrada na UE em 1973, quando então o bloco era conhecido como Comunidade Econômica Europeia (UEE), o Reino Unido decidiu romper os laços com Bruxelas, com repercussões para toda a Europa.

O líder do Partido pela Independência do Reino Unido (UKIP), Nigel Farage, qualificou a data de hoje como "o dia da independência", e afirmou que se trata do triunfo de gente "decente" que se enfrentou grandes corporações e os bancos, que pediam a permanência britânica na UE.

O político afirmou que o povo britânico conseguiu se livrar da UE sem "disparar nenhuma bala".

Segundo os analistas políticos, a situação do primeiro-ministro do Reino Unido, David Cameron, pode ficar insustentável após convocar o referendo e pedir que a população que apoiasse a permanência do país no bloco europeu.

O avanço do "brexit" gerou nervosismo nos mercados internacionais om uma forte queda na libra, mais de 8% em relação ao dólar.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos