Prefeito de Londres pede mais competências e voz nas negociações com a UE

Em Londres

O prefeito de Londres, o trabalhista Sadiq Khan, disse neste sábado (25) que pedirá "mais competências" para a capital e que ele esteja presente nas negociações com a União Europeia (UE) após a vitória do "Brexit" no referendo da última quinta-feira.

Em entrevista à emissora "BBC", o prefeito lamentou o resultado da consulta e afirmou que está em contato com integrantes do governo conservador para assegurar que os interesses da capital do país estejam bem representados.

Khan está especialmente preocupado com os efeitos da saída do Reino Unido da UE na "City", o centro financeiro da capital, cuja atividade depende do acesso ao mercado comum europeu, e com os cidadãos comunitários residentes na capital.

Nesse sentido, após conhecer o resultado do plebiscito, Khan lançou uma mensagem de tranquilidade na sexta-feira aos quase 1 milhão de europeus que vivem em Londres, a quem disse que são "muito bem-vindos".

"Como cidade, estamos agradecidos com a enorme contribuição que vocês fazem e isso não vai mudar com o resultado deste referendo", afirmou em comunicado.

Mais de 135 mil pessoas assinaram hoje uma petição popular na internet para que Khan declare a capital independente e solicite sua adesão à União Europeia (UE).

Londres votou majoritariamente em favor da permanência na UE na consulta de quinta-feira, na qual os partidários do "Brexit" ganharam por 52% contra 48% dos votos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos