Segundo grupo de civis sírios e rebeldes de Daraya começa a deixar cidade

Cairo, 27 ago (EFE).- O segundo grupo de civis sírios e milicianos do reduto rebelde de Daraya, nos arredores de Damasco, começou a deixar neste sábado a cidade sob a supervisão da ONU e da Crescente Vermelho, depois do acordo firmado entre o governo do país e os grupos armados que estava na região.

Segundo o Observatório Sírio de Direitos Humanos, 11 veículos saíram da cidade levando o segundo grupo de civis que serão levados a refúgios instalados na periferia da capital síria. Já os rebeldes do Exército Livre Sírio estão indo à província de Idlib, no noroeste do país, controlada por opositores e pela Frente al Nursa, facção que recentemente deixou de ser filiada à Al Qaeda.

Na quinta-feira, os rebeldes firmaram um acordo com as forças do regime do presidente Bashar al Assad, que incluía a entrega do armamento pesado e a possibilidade de deixar a cidade com o compromisso de que o governo não faria represálias.

Além disso, os opositores entregaram às tropas do regime o primeiro grupo de prisioneiros que estavam detidos na cidade.

Cerca de 4 mil civis e 700 rebeldes deixarão a cidade antes que as tropas governamentais assumam o controle da região. Daraya foi sitiada pelo regime em 2012 e bombardeada quase diariamente desde junho. O local é considerado de importância estratégica devido sua proximidade com o aeroporto militar de Mezze.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos