Presidente do Uruguai diz que regulação da maconha "não estimula seu consumo"

Montevidéu, 29 ago (EFE).- O presidente do Uruguai, Tabaré Vázquez, disse que "regulamentar a produção de maconha não quer dizer que se esteja estimulando o consumo" dessa substância e insistiu sobre os danos provocados pelo "uso problemático" das drogas.

"Não se deve consumir tabaco, maconha, cocaína, ácido lisérgico (LSD) e álcool, não me refiro ao consumo social, mas ao consumo problemático", enfatizou o presidente neste domingo na cidade de Fray Bentos, no departamento (província) de Río Negro, onde aconteceu nesta segunda-feira uma sessão do Conselho de Ministros.

Em 2013, sob a presidência de José Mujica, o Uruguai se transformou no primeiro país do mundo que decidiu regulamentar a produção e o comércio de maconha com uma lei que prevê seu uso recreativo, medicinal e para fins científicos.

Vázquez, que é médico oncologista de profissão, se dirigiu especialmente aos jovens dizendo que "o corpo humano não precisa de drogas, salvo as que sejam indicadas por um profissional devidamente qualificado por causa de alguma doença".

Além disso, o presidente uruguaio recomendou que as pessoas "tenham uma vida saudável, pratiquem esportes, se alimentem adequadamente, aproveitem os momentos de lazer e desfrutem da vida", e que, para isso, "não é preciso usar drogas".

Vázquez, que desde o seu primeiro mandato - entre 2005 e 2010 - fez da luta contra o tabaco um de seus estandartes, lembrou algumas das medidas que serão aplicadas, como "a dos maços de cigarros genéricos, sem nenhum título publicitário da marca do tabaco".

No início de julho, o Uruguai ganhou o processo que a multinacional do tabaco Philip Morris interpôs em 2010 contra o país perante o Centro Internacional para a Arbitragem de Disputas sobre Investimentos (Ciadi) devido às políticas antitabaco levadas a cabo pelo país sul-americano.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos